11 de abr de 2018

ESPECIAL CENTENÁRIO PIONEIRO

UM POUCO DA HISTÓRIA DO RAMO

   A primeira menção ao termo “Rover Scouts” foi feita por Baden-Powell no “The Boy Scouts Headquarters Gazette”, em setembro de 1918, informando sobre um novo Ramo para servir aos jovens “heróis” que retornavam com o fim da Guerra. “Rovers Scout” foi escolhido por ser uma palavra que sugeria aventura e liberdade, e que no Brasil foi traduzido como “Pioneiro”, com este mesmo sentido.

   O novo esquema foi totalmente estabelecido em novembro de 1919, e Baden-Powell escreveu um manual para o novo Ramo, publicado em 1922, com o título de Rovering to Success, e que contém a filosofia de Baden-Powell para uma vida adulta feliz, bem como ideias para atividades que os Rovers Scouts poderiam organizar por si mesmos.
   Para a Organização Mundial do Movimento Escoteiro determinar o ano de celebração do centenário foram feitas pesquisas, verificação de documentos antigos e consultas à associação escoteira do Reino Unido (The Scout Association).
   Esses estudos definiram, sem nenhuma margem de dúvida, que a data de início do Ramo Rover Scouts foi 1918. Na verdade, isso já havia sido confirmado quando da realização do terceiro World Rover Scout Moot, em 1939, denominado de "Moot da Maioridade", ou seja, considerava que o ramo completava 21 anos de idade em 1939.

   "A vida é curta; parte dela é desperdiçada por pessoas que se deixam levar por uma vida vegetativa. Um pouco de andança por esse mundo magnífico lhe dará essa abertura de espírito e esta disposição que desenvolve a alma das pessoas, a boa vontade e a paz no mundo." 
(Baden-Powell, Aventuras Africanas)

Nenhum comentário: