9 de set de 2014

Quando visitamos a aldeia


   Em 26 de setembro de 2000, o Grupo Escoteiro Caetés reuniu uma pequena comitiva, e visitou uma verdadeira aldeia indígena. Tratavam-se de índios Guaranis, residentes em São Miguel das Missões. Na época, a aldeia era localizada muito perto das ruínas, hoje em dia eles foram reassentados para um local mais distante da cidade, onde podem desenvolver sua cultura única.
   Nesta breve visita de uma tarde, conhecemos suas casas, hábitos, trabalhos e passatempos. Um dos mais interessantes passatempos e trabalhos realizados pela tribo era a confecção de animais de madeira, com cunhagem e queimaduras em partes específicas eram feitas onças, corujas, coelhos e muitos outros animais da fauna missioneira.
   O hábito mais curioso da tribo era a prática do futebol, em um campinho de terra que se localizava no centro da aldeia. Fomos desafiados a uma partidinha e perdemos de mais de sete gols de diferença.
   Durante a viagem de ida, o então chefe da Tropa Escoteira, André, solicitou que os outros escoteiros não chamassem o monitor da patrulha Águia de Índio, pois este era seu apelido, após apresentação do nome dele ficou combinado que deveríamos nos conter. Durante a partida de futebol, no calor do momento, com ânimos exauridos, o próprio Ch. André gritava por todo o campo: - Índioooo! Índioooo, passa essa bola!!! Foi um momento muito hilário. Ótima viagem que vive para sempre em minha memória. Seguem algumas fotos:

Nenhum comentário: